Como beber o Whisky mais antigo do mundo

É praticamente impossível falar-se em Patagônia e não associar o tema à geleiras, muita neve, frio e uma paisagem similar à da Antártida, mesmo sem nunca ter ido para lá. A verdade é que a grande empolgação de um turista ‘patagônico’ é ver, bem de pertinho – e, literalmente – ao menos a ponta de um iceberg!

Todos os dias, sons similares aos de trovões musicalizam Perito Moreno: são os inúmeros blocos de gelo que se desprendem diariamente das geleiras e ecoam pelo vale. Uma das geleiras mais importantes do mundo, por ser uma imensa reserva de água doce, Perito Moreno se tornou extremamente turístico e conta com uma estrutura fenomenal para o passeio, com muitas trilhas para que os viajantes e amantes da natureza possam observar a geleira por todos os lados e perspectivas. 

Localizado na província de Santa Cruz, é possível chegar ao Perito Moreno de carro, ônibus ou mesmo através dos tours. Como o local é relativamente distante no centro de El Calafate e as pistas podem estar escorregadias devido à neve, a indicação aos passageiros de primeira viagem é pegar o tour e não precisar se preocupar com nada, além de acordar, pegar a câmera fotográfica e curtir o dia. 

Diferente de outros passeios, os tours em Perito Moreno deixam os turistas bem à vontade: uma guia explica rapidamente – junto ao mapa local – todo o espaço a ser percorrido e lhe direciona ao ponto de partida e de encontro. Pronto! Caminho e tempo livres para o passeio. O caminho é longo e as paradas para fotos, mais demoradas ainda. Então, fique de olho no relógio e na caminhada a ser feita, para não perder nenhum minuto do espetáculo, que é observar as geleiras à 200 metros de distância.

As trilhas são todas abertas, sob um deck de madeira, com corrimãos e indicativos por todos os cantos de onde exatamente você está. É extremamente segura, porém longa e conta com muitas escadas e trechos que ficam lisos devido à neve. Evite sapatos com solado muito liso e lembre-se, obviamente, da blusa de frio – e câmera fotográfica! Sempre!

É possível perder (na realidade, ganhar!) duas horas do dia facilmente, somente observando cada cantinho desta gigante geleira. Obedeça as placas de sinalização e, óbvio, jamais jogue nenhum lixo no chão! Afinal, muitas paisagens continuam lindas no planeta quando são inabitadas ou bem cuidadas. 

Você Sabia? Perito Moreno é Patrimônio da Humanidade, declarado pela UNESCO e e já foi chamado de “Oitava Maravilha do Mundo”, devido à vista que se tem de seu topo. Localizado em uma zona rodeada por bosques e montanhas, está dentro do Parque Nacional Los Glaciares, de 724.000 hectares e que possui um total de 356 geleiras. Perito Moreno conta com cinco quilômetros de largura e 60 metros de altura e seu nome é uma homenagem a Francisco Pascasio Moreno, renomado pesquisador da região austral daquele país.

Após algumas horas de passeio pelas trilhas, o turista tem duas opções: 1. continuar a apreciar as geleiras, através das imensas janelas de vidro do restaurante / café do centro turístico; ou 2. Passar um pouquinho mais de frio e partir para uma aventura impressionante: caminhar sobre as geleiras durante 2 ou 7 horas! São os chamados Mini-trekkings e Big Ice Tour. Sim!! É possível andar sobre a geleira, mas desde que com roupas e sapatos adequados e, obviamente, acompanhado de guias treinados. Vale lembrar! É necessário comprar os tours da opção 2 com antecedência, pois os lugares são limitados e não há venda de ingressos para estas atividades no Perito Moreno.

Importante: O Tour Mini-trekking funciona apenas alguns meses por ano, de agosto e maio – evitando o alto Inverno. E o Big Ice, de Setembro a Abril. Sendo assim, programe-se para não perder tempo ou oportunidades. 

A empresa Hielo y Aventura é a única que possui a concessão para realizar os passeios relacionados às caminhadas no glacial Perito Moreno. E os preços dos tours, portanto, são tabelados e extremamente salgados, pois não há concorrência. 

Dica do MuG: é praticamente impossível conseguir descontos para os tours mini Trekking e Big Ice, porém, se você for comprar outros passeios na região de El Calafate e El Chaltén, concentre tudo em uma só agência e, provavelmente, terá descontos nos outros passeios do pacote! O MuG foi com a Criollos Tour para todos os lados e, vale a pena fazer um pacote especial! 

Como o MuG visitou as geleiras no mês de agosto, nossa equipe foi explorar Perito Moreno de todas as formas possíveis: trilhas sobre a plataforma, na parte da manhã, e Mini-trekking no período da tarde. 

O passeio do Mini Trekking começa no porto “Bajo de las Sombras” onde se cruza o Lago Rico pela face sul do glaciar Perito Moreno. São aproximadamente 20 minutos de travessia a bordo de um catamaran – sim, no lado de fora do barco venta muito e faz bastante frio – até ancorar na área de onde parte o passeio.

Ao chegar, os guias formam grupos de acordo com sua língua: quem fala português e espanhol de um lado, quem fala inglês de outro. Os demais, se encontram em algum meio termo. rs Os guias então explicam como funciona o passeio, dão algumas regras básicas, e brevemente contam a história do local. Em seguida, todos seguem em uma mini caminhada até a base da geleira, aonde os guias equipam a todos com os “crampones” – uma espécie de grampos de ferro que são presos à sola do calçado do alpinista / turista que irá subir gelo acima.

Após explicar como andar corretamente com os crampones, o trekking se inicia e tem a duração média de 2 horas, que passam voando! A superfície é irregular, porém firme e segura. Em filas indianas,  há sempre  um guia à frente e outro acompanhando o último da fila, para abrir o caminho e ajudar quem ficar para trás ou tiver alguma dificuldade. É importantíssimo seguir todas as regras dos guias para evitar todo e qualquer tipo de acidente. 

Durante todo o percurso, os guias conduzem os participantes pelas inúmeras formações de gelo, contam histórias do local, e tiram fotos e mais fotos aos que solicitarem! Bem humorados, os guias são muito responsáveis, então não hesite em avisa-los caso tenha algum problema no meio do caminho. 

É recomendável estar com roupa adequada e confortável para a caminhada e, principalmente, para o frio! A jaqueta impermeável ou corta vento é sempre bem-vinda, tênis ou botas de trekking também, bem como óculos de sol, protetor solar, luvas, gorro, etc.

Ao chegar na etapa final do passeio, antes de descer para a base, a maior de todas as surpresas: um pote de chocolates e um Whisky de qualquer marca o espera! Mas, o principal: você pode até beber um Whisky de 2 anos, mas nunca o bebeu misturado com gelos milenares!! Isso mesmo, o gelo utilizado é o da própria geleira; são os famosos ‘Whiskies mais antigos do mundo’!  

Após se embriagar – aos que quiserem -, a descida é mais curta e logo o grupo chega à terra firme. Fotos incríveis garantidas, é hora de dar tchau para as geleiras mais antigas da terra e uma das mais próximas das geleiras da Antártida. O tour é lindo, e a vista de tirar o fôlego. Vale cada minuto do seu dia.  

E você? Já chegou bem pertinho de uma geleira assim? Conte pra gente!
Se ainda não conhece neve ou geleiras, arrume já as malas e se programe para a Patagônia!

Bom Whisky – ops, passeio! – e boa viagem!

0 Comentários

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *