El Calafate, paraíso das geleiras, compras e alta gastronomia

El Calafate é uma cidade bem pequenina, localizada na província de Santa Cruz, na Argentina, próximo à fronteira com o Chile. É a cidade mais próxima do Parque Nacional Los Glaciares, onde localiza-se a maior geleira em extensão horizontal do mundo: o Glaciar Perito Moreno, e também próxima à geleira Glaciar Upsala.

O caminho mais tradicional para se chegar até lá é, realmente, através de voos, mas é super possível chegar até lá de ônibus, se estiver disposto a encarar mais de 10 horas de viagem, vindo pelo Ushuaia ou mais de 16 horas, desde Bariloche (lembrando que a estrada principal que interliga Bariloche (RN40) fecha no inverno.

A maior atração da região, sem dúvidas, é o extraordinário Parque Nacional Los Glaciares, onde localizam os glaciares Perito Moreno, Upsala, O’nelli, Spegazzinni, entre outros. Paisagens incríveis de geleiras se misturam com cordilheiras nevadas. Impossível não se hipnotizar por todas as tonalidades da cor azul com branco da neve desta mini-Antartida Argentina.

Mas, não só de caça às geleiras vive o homem e, El Calafate, sabiamente, resolveu investir em alguns diferenciais para atrair turistas e mais turistas. Com um encanto único, uma cidade charmosa e gastronomia maravilhosa, El Calafate faz jus às viagens de longa distância de qualquer viajante, a começar por sua alta gastronomia! Esta foi, literalmente, uma das menores cidades que o MuG já visitou, em formato-vilarejo, e também uma das grandes surpresas de toda viagem Patagônica.

Restaurantes pequeninos, com um ar contemporâneo-chic, literalmente fisgam os visitantes pelo estômago – e não foi diferente com o MuG. Cafés, chocolaterias e gelaterias também fazem seu papel e deixam, cada um que entra em suas lojas, com água na boca. 

Entre as dicas gastronômicas, sem nenhum elo de patrocínio, o MuG visitou duas vezes o tradicional restaurante Isabel Cocina a Disco, com suas maravilhosas porções servidas sob um disco de ferro. Experimente o cordeiro desfiado com batatas – sob um molho branco maravilhoso – e pãozinho de entrada, todo caseiro, de derreter qualquer coração, manteiga e azeite, também! 

Outra grata surpresa foi o Italiano La Lechuza, que serve desde porções completas até um menu degustação com 3 massas a escolher, em porções semi-miniatura, suficientes para lembrar de cada sabor até a eternidade. Além de saboroso o restaurante, sua equipe é extremamente eficaz nas indicações de vinho – claro, especialidade Argentina. 

Outro restaurante que o MuG gostou e aprovou foi o conhecido Parrilla Don Pichon, onde, obviamente, a especialidade é a famosa parrillada! Aos amantes de queijo, peçam uma provoleta de entrada e aos sommeliers de plantão, acompanhe seu prato com um bom e envelhecido Malbec!

Para adoçar a vida, Grandma Goye é uma das divinas opções de docerias na região! Suas sobremesas são realmente de lamber os dedos. Já a gelateria Acuarela, foi a responsável pelos quilos a mais entre chocolates e sorvetes saboreados todos os dias. Há inúmeras outras docerias, espalhadas pela cidade, então a sugestão é dar uma boa caminhada no breve centrinho e escolher a tentação da vez. 

Quanto ao custo x benefício, o MuG realmente achou sensacional. Em uma comparação ao estilo brasileiro (região de São Paulo, por exemplo), diria que os restaurantes oferecem preço de 3 estrelas para uma gastronomia digna de 4-5 estrelas. Já os doces, sim, são um tanto mais caros (1 pequena barra, em torno de 20 reais), mas… digno de quero-mais! 

Outra atração turística bem interessante por lá é o famoso Bar de Hielo. Há dois bares de gelo e ambos oferecem praticamente a mesma coisa: muita bebida em um cenário ao estilo Frozen (o filme). A brincadeira lá dentro é se embriagar o máximo possível dentro de meia hora – bem possível – e tirar dezenas de fotos! O tempo lá dentro, voa! Quando você menos espera, já tem que sair da sala principal com as esculturas de gelo. Mas vale a pena a visita, se nunca visitou um bar neste estilo.

Outras atrações do centrinho de El Calafate são as inúmeras lojas de souvenirs. Há desde conveniências com cartões postais, chaveiros e ímas, aos colecionadores, até lindas lojas com esculturas e artigos de decoração. Outro forte do centro comercial são as lojas de jóias, semi-jóias e, claro, de roupas de inverno – onde é possível comprar desde uma simples luva de lã até um casaco milionário. 

Ademais, El Calafate oferece em seu entorno opções de hotéis elegantes e confortáveis, para os turistas descansarem após um longo dia de passeio pelas geleiras ou por El Chaltén, cidade quase-que-vizinha, famosa por suas inúmeras trilhas que levam a lugares pitorescos e dignos de serem fotografados para cartão postal. 

E aí? Ficou com um gostinho de ‘preciso visitar’? Nós, do MuG, estamos com gostinho de ‘Quero Mais’! Aguardamos seu relato em breve! Boa comilança e boa viagem!

0 Comentários

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *