To do list: Passeios de Escuna em Paraty ✔️ Vem conferir com o MuG!

É quase que impossível não se apaixonar por todo cenário que envolve Paraty: sua cidade histórica em meio à Mata Atlântica e muitas ilhas desertas e nada secretas que já foram palcos de diversas produções publicitárias, casas da Revista Caras, novelas e filmes nacionais e internacionais, como o mais recente, o Crepúsculo (Twilight), O Amanhecer!
Se você não resiste uma água salgada para dar aquela revigorada, anote já em sua agenda uma de suas próximas metas: (re)visitar Paraty e fazer passeio de escuna pelas ilhas! ✔️

Banzay 3

A não ser que você tenha uma lancha – ou seja amigo de quem tenha uma! -, o passeio de escuna é a melhor opção ‘custo x benefício’ para você que ama o mar e quer sair da rotina naquela viagem de praia! Não há turista que não goste* de passeios pelos mares brasileiros e, Paraty, meu bem, é para todos nós, gringos e não gringos!

*Ok, há os que ficam sea sicks, ou seja, enjoados pelo balanço da embarcação. Mas aí vem a dica: para evitar estes tipos de problemas, busque sempre embarcações maiores, elas tendem a ser mais estáveis em alto mar e, conseqüentemente, ‘balançam’ menos.

IMG_4560 copy

Ao chegar no cais principal da cidade carioca, respire fundo e comece a busca: são mais de 100 tipos de embarcações para você escolher, com preços para todos os bolsos e muita competição! Aqui, vale de tudo, inclusive, barganhar um descontinho! Você também encontrará diversas opções de embarcações para seu passeio: desde barcos pequeninos e coloridos – fofíssimos e VIPs – de madeira, à lanchas particulares àe escunas para mais de 100 pessoas!

Detalhe importante: todas as escuna, saem ou às 9h, 10h ou 11h da manhã! Ou seja, se você perder a primeira delas, você ainda tem outras chances! rs (dorminhocos de plantão, de nada!) Porém saiba que nem todas as escunas vão para os mesmos lugares. Por isso, se quer conhecer alguma ilha ou lugar em específico, consulte no dia anterior os horários disponíveis para o passeio.

Banzay 5

Como dito, cada escuna tem sua própria rota, mas em geral, elas seguem um padrão de itinerário (2 ilhas e 2 praias); a diferença é que há aquelas que vão para ilhas mais distantes ou as que fazem passeios mais curtos e voltam mais cedo para o cais. O #MuG já conheceu, ao longo dos anos,  pelo menos, umas 10 escunas diferentes! Desta vez, iremos contar a mais recente experiência, à bordo de uma das escunas mais espaçosas de Paraty: a Banzay!
Além de ter escolhido a Banzay pelo conforto, desta vez o passeio incluía 2 ilhas com praias privativas que eu ainda não conhecia! Como estava com um amigo gringo, qualquer rota para ele seria sensacional! haha Então escolhemos esta rota um pouquinho mais longa e diferente!

Banzay 7

Sendo assim, ao invés de passear pela Ilha do Mantimento, Praia da Conceição, da Lula, Ilha Comprida e Praia Vermelha – que é de praxe pelas embarcações -, nosso destino seguiu o mesmo trajeto inicial, porém tomou distância e seguiu rumo à alguns outros pontos paradisíacos, como a Ilha dos Cocos, do Algodão, indo parar até à Praia do Engenho, no famoso Saco Mamanguá, onde fizeram as gravações do filme O Crepúsculo (Twilight), O Amanhecer!

IMG_4566 copy

Sem palavras para descrever algumas das ilhas, principalmente a última que visitamos! Ao chegar na praia principal, pequena e tipicamente ‘normal’ para nós, brasileiros, há uma pequena trilha que, em menos de 3 minutos de caminhada te leva ao outro lado da ilha, com uma vista que aparentava ser ‘escondida’, e uma praia deserta de tirar o fôlego!

Banzay 10

Embora a distância realmente faça o passeio ficar mais longo e cansativo, vale a pena beber mais algumas caipirinhas à bordo e conhecer estas ilhas. Aliás, um salve à tripulação Banzay: as sakeritas de morango e caipirinha de maracujá estavam divinas!

Vantagem: com uma volta um pouquinho mais longa que as outras embarcações, se você pegar um espaço no colchonete da escuna, o cochilo de ‘fim de tarde’ é garantido com uma boa brisa do mar! Dormi, no mínimo, meia hora na embarcação e foi essencial para me manter acordada pelo resto do dia | noite em Paraty!

IMG_4559 copy

Review sobre a embarcação Banzay: como falei, achei bem espaçosa! Já andei em algumas escunas com corredores pequenos, em que é apertado passar de um lado para o outro, devido ao número de turistas;  esta, em específico, mesmo com lotação quase máxima, estava bem confortável durante todo o passeio!

A cozinha é aberta à quem quiser conferir, e os banheiros, além de espaçosos, estavam sempre limpos! #amém. Ponto alto aos vaidosos: tem um espelho de corpo inteiro em frente ao banheiro! o/ A escuna também conta com um deck superior e um bar muito bom, com diversas opções de drinks e variedades de caipirinhas, além de oferecer frutas como cortesia no final do passeio.

Banzay 6

Além disso, devo dizer que toda a tripulação foi muito cortês, gentil e animada! Ao longo do passeio, o capitão explicava cada canto de cada ilha que passávamos em frente, além de dar todas as dicas sobre ‘onde pular’, ‘o que fazer na ilha’ e  também oferecia um barco de apoio para levar aqueles que não queriam se jogar no mar, porém queriam conhecer as praias e se manter seco!! Isto é bem legal quando você não tem uma câmera à prova d’água, pois pode ir para a praia, tirar as fotos e deixar seus pertences na areia (sempre de olho, claro!) e ainda curtir um mergulho no mar!

Banzay 8

Por falar em fotos, todas as escunas contam com uma equipe de fotógrafos animados que também te poupam de ficar tirando dezenas fotos e ainda lhe deixam recadinhos para buscar suas fotos depois, no centro comercial de Paraty. Obviamente o serviço é pago, porém caso não tenha levado câmera e tenha se arrependido, é uma forma de ter recordações mais espontâneas e profissionais! – Destaque para Aline, uma fotógrafa figura (muito engraçada!) que trabalha na empresa  Prisma Fotografia Paraty / Sem Fronteiras.

E ai!? Se apaixonou um pouquinho mais por Paraty!? Então, vá por mim, vá por ti, que te garanto que é demais!
Bom passeio e boa viagem!

 
2 Comentários
    • Thais
      Thais says:

      Exatamente, Pati! A cidade em si é uma delícia e cheia de história mesmo! As praias e ilhas, então, uma mais linda que a outra! #BoraViajar neste #MundoGringo!

      Responder

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *